Loading...

Páginas

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Pastor Ciro Sanches confirma presença na 13º Consciência Cristã

No início de junho o presidente da VINACC – Visão Nacional para a Consciência Cristã, pastor Euder Faber esteve em viagem no sudeste do país em busca de firmar parcerias para a realização da décima terceira edição da Consciência Cristã, que acontece entre os dias 2 e 8 de Março de 2011.
Entre os preletores já confirmados para o evento está o pastor da Igreja Assembléia de Deus, em Clodovil, Rio de Janeiro Ciro Sanches Zibordi. Ele vai ministrar seminários e estará pregando na quinta-feira, dia 03, segundo dia do evento.
O pastor Ciro é escritor e articulista com vários textos publicados pela CPAD – Casa Publicadora das Assembléias de Deus, além de autor de vários livros, entre eles, “Perguntas Intrigantes que os Jovens Costumam Fazer”, “Adolescentes S/A”, “Erros que os Pregadores Devem Evitar”, “Evangelhos que Paulo Jamais Pregaria”.
Esta será a primeira participação do pastor Ciro Sanches na Consciência Cristã. O evento é gratuito e aberto ao público em geral. 

Um comentário:

  1. Já não vou (E não mais irei) a este evento a algum tempo por algumas razões!
    Sou de campina grande, acho que este pessoal tem prestado um serviço interessante,o evento atrai o Brasil,reune os grandes pensadores cristãos para momentos de rico conhecimento gratuito que poucos tem o privilégo de ter, como por exemplo palestras do Renato Vargens(grande)...Mas passado o evento o pessoal da vinacc tem tomado um rumo controverso ao qual não consigo entender.Sua metodologia é questionável bem como certas ideias as quais acho pouco produtiva para a igreja.Chamar "o mundo" pro confronto de maneira radical é bem perigoso e equivocado.Discordo completamente do movimento gay,mas, colocar outdoors provocativos em toda cidade gerando um comfronto em praça publica não é nada legal pra imagem da igreja que sai com imagem de fascista,reacionária e opressora.Se perseguida,a igreja deve ser por razões injustas e não passar o vexame de perder a causa na justiça e vir com desculpa de que a juíza é tendenciosa pro lado dos gays.Já ví muito gay se converter sem se quer o pastor tocar na questão de sua sexualidade.Estão radicalizando dos dois lados, os gays do tal movimento e os pastores (Malafaia por ex..) vêem coisas onde não existem e acho perigoso a igreja sair repetindo o discursos de formadores de opinião sem refletir antes.Nem acho que gays são perseguido neste país que os tolera demais e até os glorificam pela tv mas também não acho que nenhum pastor vai ter sua voz cassada ao tocar no assunto ,isso é só uma hipótese e tem malandragem e astucia de ambos os lados .Toco neste assunto pois a Vinacc já encheu o saco batendo em três teclas: combater o movimento gay,fazer guerra contra outras religiões (especialmente o Islã...Embora isso mal exista aquí) e uma guerra radical contra Lula e o "fantasma" do comunismo e neste discurso a turma diz um monte de besteiras como por exemplo, dizer que a ditadura militar foi muito boa e necessária, minimizando seus flagelos desconsiderando mortes, torturas, sequestros quando penso que um cristão tinha que ser imparcial nesta questão pois há sugeira de ambos os lados.Defendem a liberdade religiosa ao mesmo tempo que guerreiam ferozmente contra tudo que é religião (é paradoxal e a igreja...Não só a vinacc,não sabe lhe-dar com isso).E ao tocar na questão do governo Lula, desconsidera qualquer coisa boa que tenha feito e se resume a pregação da demonização de tudo o que é esquerda quando na pratica a igreja tá de Lua de mel com Lula inclusive a própria vinacc recebe apoio financeiro ou coisa parecida do governo Paraibano que é PMDB e em tese concorda com toda a agenda do PT que na pratica nem é essa esquerda toda que se diz,em suma,uma grande contradição!Pra completar.Ao combater a politica de cotas pra negros (da qual como descêndente de africanos não concordo)se embrenham em temas relacionados que certamente não dominam dizendo um monte de asneiras, como quando ao falar sobre as tais cotas e o ensino de história africana nas escolas falam que ninguem tem nada a ver com a escravidão,nem se precisa saber da africa...Nunca ouví tamanha asneira pois somos todos fruto deste processo e necessário se faz conhecer quem somos e por quê estamos onde estamos e, ademais, porquê tenho eu ,como negro ou não, que saber tudo sobre a Grecia inclusive sua mitologia que está engrenhada em nossa cultura mesmo sem sabermos ,enquanto a Africa deve continuar sendo demonizada,com grande ajuda da cultura européia que usou o cristianismo pra ser o que é e ninguem percebe isso? Enfim, o pessoal pra não concordar com as esquerdas atiram pro extremo e começam a repetir ideias radicais de direita.Quando ,na verdade, ambas estão erradas embora possam até ter pontos positivos.Penso que a igreja deve representar uma terceirta via e não tomar este partido.Seguir literalmente a cartilha de olavo de carvalho pode ser tão nocivo quanto ser um esquerdista fanático! estou temeroso!

    ResponderExcluir